31 de dezembro de 1969 às 21:00

Google abre espaço gratuito para mãe trabalhar perto do filho e empreender

Que a vida da mãe que trabalha ou empreende não é fácil todo mundo está careca de saber. Embora novos modelos de relações e ambientes comecem a surgir, poucas são as soluções práticas criadas para resolver a situação dos trabalhadores com filhos.

Crédito:Divulgação

Divulgação

Que a vida da mãe que trabalha ou empreende não é fácil todo mundo está careca de saber. Embora novos modelos de relações e ambientes comecem a surgir, poucas são as soluções práticas criadas para resolver a situação dos trabalhadores com filhos.

Pensando nisso, e ouvindo uma forte demanda interna, o campus da Google em São Paulo anunciou que a terceira turma de empresas a ocupar de forma gratuita seu espaço de coworking será acelerada pela B2Mamy, que conecta mães empreendedoras ao ecossistema de inovação. Serão selecionados negócios de mães que já tem um produto inicial.

O que essas mulheres recebem ao entrar no programa vai muito além das competências profissionais: elas se encontram com o sentimento de pertencer novamente a um grupo em que sua nova condição seja não só acolhida mas valorizada.

Fernanda Caloi, mãe do Martin (3) e gerente de programas do Campus São Paulo

"As histórias de mulheres que são dispensadas logo após voltar da licença maternidade ou que não conseguem mais se ver no seu antigo trabalho após o turbilhão de novidades e mudanças em suas vidas são bem mais comuns do que imaginamos. Apenas 50% das mulheres voltam para os seus antigos empregos após terem seus bebês", lembra Caloi neste texto.

"E dessas que não voltam, mais da metade decide abrir um negócio, muitas vezes sendo o sustento principal da casa, apoiadas pelo sonho da flexibilidade e de uma vida mais tranquila do que no mercado de trabalho tradicional. Mas, não é bem o que acontece na vida real com todos os desafios de um novo negócio e a criação de um bebê…"

A Google vai então oferecer a elas 4 meses de encontros com temas como liderança, vendas e marketing. 

Além disso, o Campus contará com um novo Family Lounge, espaço pensado para receber pessoas com crianças pequenas. "Ouvimos diversos feedbacks dos nossos membros e trabalhamos para ampliar, democratizar e melhorar o acesso a este importante espaço, que vem como mais um símbolo do nosso compromisso com a criação de comunidades cada vez mais diversas e inclusivas", diz Caloi:

Nosso intuito é acolher da melhor forma possível não apenas as crianças mas, principalmente, os adultos que estão imersos na cena do empreendedorismo enquanto cuidam de um outro 'empreendimento' em casa, desses que demandam total dedicação e atenção.

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo