01 de fevereiro de 2018 às 11:02

Técnico do PSG desconfiava que Lucas vazava informações, diz jornal

Desde a chegada de Neymar, o vestiário do Paris Saint-Germain andou um pouco conturbado. O jornal ?L?Equipe? ? mesmo que chamou os bastidores da equipe de ?bagunça? ? agora noticiou que o técnico Unai Emery desconfia que Lucas Moura vazava as informações

Crédito:Charly Triballeau/AFP

Charly Triballeau/AFP

Lucas Moura cumprimenta Unai Emery em jogo do Paris Saint-Germain

Desde a chegada de Neymar, o vestiário do Paris Saint-Germain andou um pouco conturbado. O jornal "L'Equipe" – mesmo que chamou os bastidores da equipe de "bagunça" – agora noticiou que o técnico Unai Emery desconfia que Lucas Moura vazava as informações internas para a imprensa.

Ainda de acordo com a publicação da França, Unai Emery identificou que Lucas Moura e Ben Arfa estavam indo à imprensa para relatar o que acontecia no vestiário. E, por esse motivo, o treinador do PSG decidiu deixar ambos os jogadores sem oportunidades para entrar em campo.

O "L'Equipe" ainda afirma que as declarações de Neymar defendendo o amigo compatriota tem ligação com a atitude do treinador. "Lucas foi pouco usado. Acho muito injusto. Poderia ser muito mais aproveitado aqui, mas não sou dono do PSG", falou o atacante.

Lucas, que foi anunciado no Tottenham na última quarta-feira (31), não era bem visto por Emery, assim como Arfa. Por isso, o clube queria vendê-lo insistentemente desde agosto do ano passado, antes mesmo das chegadas de Neymar e Mbappé. Tal atitude do PSG não agradou a contratação mais cara da história e seu clã.

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo