16 de maio de 2018 às 11:37

Trem parte 25 segundos adiantado e empresa ferroviária pede desculpas no Japão

Uma companhia ferroviária japonesa emitiu um pedido oficial de desculpas depois que um de seus trens partiu da estação com 25 segundos de antecedência. A retratação da West Japan Railway Company veio depois que um de seus trens expressos deixou a platafor

Crédito:Thomas White/Reuters

Thomas White/Reuters

Usuários aguardam trem no Japão

Uma companhia ferroviária japonesa emitiu um pedido oficial de desculpas depois que um de seus trens partiu da estação com 25 segundos de antecedência. A retratação da West Japan Railway Company veio depois que um de seus trens expressos deixou a plataforma na estação de Notogawa, no centro do Japão, às 7h11m35s, em vez das 7h12 no dia 11 de maio.

O condutor fechou as portas do trem antes do previsto, de acordo com o comunicado da empresa. A partida antecipada não afetou nenhum outro cronograma naquele dia, mas uma pessoa perdeu a viagem.

"Nós incomodamos muito nossos clientes e nos esforçaremos para impedir que isso ocorra novamente", disse JR West em um comunicado citado pelo jornal local "Asahi", informou o diário australiano "The Sydney Morning Herald".

O Japão se valoriza pela pontualidade. Em novembro do ano passado, a gerência da linha Tsukuba Express, em Tóquio, também pediu desculpas por um trem sair 20 segundos mais cedo. Na ocasião, o condutor deu partida às 9h43m40s em vez de 9h44.

De acordo com Casey Baseel, um blogueiro americano que mora no Japão, a atitude não surpreende: muitos passageiros no país planejam suas viagens para que cheguem à plataforma no momento exato em que os carros estacionam.

A obsessão do Japão com a pontualidade terminou em tragédia no passado. Em 2005, um trem de passageiros descarrilou e matou mais de 100 pessoas depois que o condutor, atrasado 90 segundos, decidiu acelerar.

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo